Skip to main content

O SIEM, sigla de Security Information and Event Management, é um conjunto de  ferramentas de extrema importância para a segurança cibernética de uma empresa.

Trata-se de um sistema que oferece relatórios e alertas, ferramentas essenciais para a proteção de dados, além de outros benefícios referentes a aplicações de segurança. 

Contudo, por falta de conhecimento ou temendo o uso de novas tecnologias, muitos gestores deixam de investir nessa ferramenta e com isso, não conseguem obter uma identificação aprimorada sobre os riscos dos crimes virtuais.

Porque detectar e manter as ameaças longe é o desejo primário dos times de cibersegurança. Se você quer saber mais sobre o SIEM e suas vantagens, não deixe de ler este artigo. 

Aqui vamos abordar sobre o gerenciamento de informações e eventos de segurança, como ele funciona e suas utilizações na empresa. Então continue conosco e aproveite a leitura!

Solução SIEM: o que é ?

Em resumo, o SIEM é um conjunto de ferramentas SEM (Security Event Manager) e SIM (Security Information Management), que tem como resultado uma maior gestão da segurança da informação. 

Sua principal capacidade é coletar e normalizar logs (arquivos de texto que retêm informações de eventos em ordem cronológica). Todos eles são testados, seguindo várias regras de acionamento, para assim criar eventos para análise. 

Todos os dados da infraestrutura de TI são coletados, incluindo os de monitoramento de eventos de segurança em tempo real. As informações obtidas são correlacionadas, permitindo uma análise mais complexa e real.  

Portanto, os especialistas da área podem ter acesso aos dados por um prazo maior, com uma visão geral do ambiente de TI. 

Com os relatórios e alertas, a ferramenta encontra eventos e incidentes sobre a segurança da informação, como tentativas sem sucesso de login. Já os alertas são acionados quando alguma atividade é executada quebrando as regras estabelecidas. 

E pra que serve uma solução SIEM?

A plataforma de correlacionamento de eventos é focada em duas frentes principais: relatórios de segurança, que descrevem os incidentes, ações tomadas, esforços e resultados, e os alertas, que chamam a atenção para possíveis ameaças em tempo real.

Ou seja, nessa visão integrada e consolidada,a empresa se prepara para respostas rápidas diante de possíveis ameaças.

Quais as principais vantagens do SIEM?

Usar o SIEM apresenta diversos benefícios, incluindo uma identificação de riscos mais aprimorada, além do tempo de resposta por meio da agregação e normalização de dados. 

Outro fator muito importante é que eles aceleram a detecção de ameaças, alertas de segurança e atendimento aos requisitos de conformidade.

Veja abaixo as principais vantagens do SIEM.

Melhoria no tempo de resposta

As ferramentas SIEM oferecem ao DevOps e às equipes de segurança uma maior capacidade de visualização de dados de log de aplicativo. Assim como a infraestrutura e rede coletados em hosts do sistema.

Esse conjunto de fatores acelera o processo de resposta a incidentes de segurança. Isso permite que as equipes de segurança e TI identifiquem um ataque e rastreiem as pegadas do invasor. 

Auditoria e Conformidade

Todas as empresas necessitam de um operacional específico para localizar e apresentar informações sobre eventos. Assim, as corporações precisam ser responsáveis ​​por todas as operações de seus sistemas. 

Para isso, dados agregados e correlacionados são usados para desenhar uma imagem completa dos eventos dentro dos sistemas, como fluxos de IPs, Logins, entre outros. 

Detecção e Alertas

Por meio de mecanismo automatizado, as ferramentas SIEM geram notificações sobre possíveis violações. 

Assim, o SIEM responde automaticamente e até mesmo interrompe os ataques enquanto eles ainda estão em andamento. 

Portanto, a ferramenta lida com eventos de segurança, de forma veloz e eficiente, que tornam o SIEM muito vantajoso para as empresas que desejam um plano de recuperação de desastres

Desafios e tendências 

Desde os seus primeiros dias de funcionamento, o SIEM evolui continuamente. Assim, o software precisa dar suporte a diversos dados (big data), incluindo a avaliação de riscos confiável e recursos após um acidente.

Com a necessidade de adaptação às mudanças de ameaças, há a capacidade de integração de novas tecnologias, o que aumenta a flexibilidade para detectar mudanças rápidas nas ameaças. 

SIEM e SOC: é possível potencializar soluções?

O SIEM e o SOC (Security Operations Center), que é o Centro de Operações de Segurança, se interligam para a análise de segurança, visto que através dela, incidentes no geral podem ser revelados. 

A busca pelo sistema SIEM é a alternativa para muitas empresas que combatem as vulnerabilidades, evitando a violação de dados.  

Mas não apenas por encontrar vulnerabilidades, a prevenção dos ataques torna a tarefa complexa e mais eficiente.

Assim, a aliança com o SOC potencializa o investimento feito no SIEM porque ele será o suporte da tecnologia que proporcionará à equipe de especialistas uma análise completa e detalhada para a rede de proteção. 

Benefícios com a utilização do SIEM e SOC 

Ambas as operações de segurança quando atuam em conjunto se tornam eficientes e vantajosas para as empresas.  

E esse processo incorpora várias pessoas, diferentes conjuntos de habilidades para as melhorias contínuas no alerta às ameaças. O SIEM realiza uma localização mais rápida de ameaças, reforçando a segurança. 

Outra grande vantagem é a visualização centralizada de logs e aplicativos, rede e infraestrutura. Todos são coletados e reunidos  em uma única interface, com os dados coletados. 

Já o SOC tem um olhar interpretativo dessa ferramenta, com monitoramento e análise apurados, visando reduzir riscos e aumentar a qualidade de serviços de TI

A ferramenta tem cobertura diária por 24 horas, integrando-se com inteligência de ameaças, resposta a incidentes e gerenciamento de vulnerabilidades, detectando os riscos de maneira mais veloz. 

O uso do SIEM na prevenção de ameaças

O procedimento SIEM foca na proteção e organização do sistema, graças à coleta de dados de logs de toda infraestrutura de TI. 

Assim, quando há dados armazenados, são gerados em tempo real. E a partir disso o SIEM apresenta diversas funcionalidades. Acompanhe mais abaixo. 

Previne ameaças internas

O SIEM tem a capacidade de gerar resposta rápida a incidentes e ameaças internas. Assim, garante maior rede de proteção, agindo com grande velocidade. 

É capaz de desconectar hosts provavelmente atingidos por ameaças, para impedir que a ocorrência se espalhe internamente. Essa velocidade na tomada de decisões do SIEM é fundamental para a proteção de dados. 

Confidencialidade

Com o foco da manutenção da integridade, confidencialidade e disponibilidade de dados, o SIEM é uma grande ferramenta para os processos de detecção, investigação e resposta. 

Isso contribui para a rede de proteção e prevenção contra vazamento de dados sigilosos. Porque quanto mais dados são gerados, mais vulneráveis eles podem ficar. Assim, o SIEM dá o gerenciamento adequado. 

IoT

Com a Internet das Coisas (IoT), o risco tem evoluído de forma proporcional. Isso porque a conexão entre dispositivos físicos intensificou a questão de risco de invasões a partir de origens aparentemente inofensivas. 

Através da expansão da modalidade home office, há mais usuários conectados em aparelhos diferentes, de forma simultânea. 

Por isso, a solução SIEM tem capacidade de desempenhar um papel essencial na segurança e monitoramento de dados.

Conclusão

Adotar o SIEM para a sua empresa garante a melhor rede de proteção e prevenção contra vazamento de dados sigilosos.

Sem ele, a experiência de segurança seria mais difícil. Por isso, é preciso investir e acreditar, utilizando a racionalidade para a melhoria de resultados. 

Compreender todos os benefícios e como funciona o SIEM é um importante passo para aumentar a segurança das informações de sua empresa, e a Think It te ajuda nessa estratégia. Acesse o nosso site e conheça mais!

Conheça quais os primeiros passos para proteger os dados da sua empresa!